Tudo sobre os bastidores da 59ª edição do Troféu Imprensa

Tive a honra de ser um dos jurados do prêmio mais importante da TV brasileira

Blog do Jorge Brasil

A premiação vai ao ar no domingo 9 | <i>Crédito: Lourival Ribeiro / SBT
A premiação vai ao ar no domingo 9 | Crédito: Lourival Ribeiro / SBT

Quando eu era criança, a televisão fica tão conectada à Globo, que o botão para girar o canal até resistia sempre que chegava o domingo. É que toda semana, minha avó, Jardelina, sentava religiosamente em frente à TV para assistir ao Programa Silvio Santos. Começa no Domingo no Parque e só terminava depois que o Silvio Santos encerrava sua maratona domingueira. Com isso, praticamente fui doutrinado na religião apostólica SilvioSantosniana... E homem do baú foi se tornando uma figura emblemática na minha vida e de toda a população brasileira. Uma verdadeira entidade. A primeira vez que eu o vi foi de longe. Em 2012, lá no SBT, em São Paulo, durante o Teleton, em que eu participei de uma mesa com blogueiros. Mas ele nem notou a minha existência. Mas hei que surgiu o convite para ser jurado da 59ª edição do Troféu Imprensa, representando a MINHA NOVELA. E eu topei, é claro.  Dessa vez seria diferente. A minha interação com o patrão seria beemmmm maior. Silvio Santos iria ser dirigir a minha e saber qual seria a minha opinião. Pai do céu! E se eu ficasse mudo, congelado, no momento em que ele se dirigisse a mim? Tenso! Felizmente não aconteceu e a minha estreia na bancada do Troféu Imprensa recheada de fortes emoções e muitas gargalhadas.

 SONHO REALIZADO

Para nada dar errado na gravação, embarquei para São Paulo na tarde da quarta 5. No dia seguinte, acordei bem cedo, tomei um banho gelado e parti para a linda sede da emissora em Osasco. Eu não sabia ainda os nomes dos 10 jurados, mas estava aliviado porque meus amigos, Márcia Piovesan (editora-chefe da Tititi), Marcelo Bartolomei (editor-chefe da Caras e da Contigo!), Nelson Rubens (apresentador do TV Fama e colunista de MINHA NOVELA) e Sônia Abrão (apresentadora do programa A Tarde é Sua) estariam lá. Aos poucos fui sabendo quem seriam os demais jurados: o radialista Eli Corrêa (rádio Capital), a colunista da Folha de São Paulo, Ligia Mesquita, dois dos mais respeitados jornalistas de São Paulo, Flávio Ricco e Ricardo Feltin (ambos do Portal UOL) e o principal digital influencer do país, Bruno Rocha, mais conhecido com Hugo Gloss! Caramba! Que honra fazer parte desse grupo.

Se não me engano apenas Hugo e eu éramos os únicos debutantes na premiação e, apesar de ser bem mais velho do que o brasiliense – eu tenho 48 anos e, ele, 31 -, ambos estávamos realizando sonhos de criança: ficar frente a frente com Silvio Santos e seremos jurados do Troféu Imprensa. Várias vezes eu apontei para a telinha e afirmei: “Um dia eu estarei lá, junto da Cinira Arruda, do Décio Piccinini, da Sônia Abrão, da Márcia Piovesan...”. Sonho realizado!

BASTIDORES

Apesar de ser uma gravação, o ritmo do Troféu Imprensa foi de um programa ao vivo. Foram raras as interrupções, apenas para os intervalos comerciais, e Silvio faz questão de manter a mais completa naturalidade. Se errou, dê a volta por cima, tenha carisma e jogo de cintura. Nada daquelas repetições chatérrimas, típicas de novelas e programas de TV, em busca de uma perfeição que não existe. No SBT, quanto mais espontâneo melhor. Por isso mesmo, Silvio não se intimida ao assumir que não conhece determinado convidado, jurado e artista indicado ou premiado.

E não faltou risos e lágrimas na gravação do programa. Despachado, Silvio elogiou Marcelo Carvalho como apresentador, mas não deixou de fazer suas ironias de sempre. “Daqui a dois, três anos ela vai ficar bom”, brincou. José Mayer também foi alvo do patrão ao saber que ele foi para na geladeira da Globo, por conta da acusação de assédio sexual: “A Record podia contratar ele e dar um papel bíblico pro Mayer fazer!”

A primeira convidada para receber seu troféu pela vitória de Os Dez Mandamentos, no ano passado, foi a autora Vivian de Oliveira. “Estou concluindo a sinopse de O Apocalipse, minha próxima novela para a Recordo”, contou ela, ao ser indagada sobre seu próximo projeto. Logo em seguida foi a vez de Danilo Gentili entrar no palco para também receber o Troféu Internet pela vitória no ano passado. Danilo e toda a sua equipe estavam fantasiados de Troféu Imprensa e arrancaram boas gargalhadas do público. Um pouco antes eles haviam sido derrotados pelo Programa do Jô, como o melhor de 2016, mas, pelo menos levaram pela segunda vez consecutiva o Troféu Internet.

A primeira grande surpresa da noite foram os indicados a Melhor Novela: A Terra Prometida, Carinha de Anjo e Totalmente Demais. Oi? E Velho Chico? Êta Mundo Bom!? E Liberdade, Liberdade? Sem opções, acabei escolhendo Totalmente Demais, que foi a escolhida pelos jurados e também pelo Troféu Internet.

A emoção tomou conta de todos com as participações de Carlos Alberto de Nóbrega e Jô Soares. Ambos octogenários, eles fizeram discursos semelhantes, enaltecendo a amizade e a força que receberam de Silvio Santos em suas carreiras. “Aos 63 anos de carreira, nunca fui tão feliz como agora. Pelo meu trabalho, a carreira e o respeito do público. Muito obrigado a vocês todos que me fazem o homem mais feliz do mundo”, discursou Carlos Alberto. “Se não fosse seu pai (Manuel de Nóbrega) eu não estaria aqui”, devolveu Silvio. “Você me reinventou, Silvio. Metade da minha carreira eu devo a você. Às vezes, o tempo afasta as pessoas, mas nunca afasta as verdadeira amizades”, falou Jô Soares. “Obrigado ao Silvio Santos e ao SBT por terem me permitido criar um horário nobre fora do horário nobre”, agradeceu o Gordo, sem deixar de dar uma cutucada em Danilo Gentili: “Preciso agradecer ao Danilo por estar esquentando ao meu lugar até eu voltar (ao SBT)!”


Também passaram pelo palco, para receberem seus troféus retardatários: os jornalista Roberto Cabrini e Rachel Shereazade (que levou outra bronca de Silvio por fazer comentários políticos), Celso Portiolli (que Silvio entregou ganhar R$ 400 mil por mês e ainda reclamar que está perdendo merchandising em seu programa), os palhaços Patati e Patatá, a gravidíssima Eliana, as duas filhas do apresentador Silvia Abravanel e Patrícia Abravanel e a atriz Tatá Werneck.

Tatá Werneck foi pegar seu prêmios de revelação, pela Valdirene de Amor à Vida (2013). Silvio, mais uma vez, assumiu que não a conhecia e explicou o motivo. “Televisão é diversão pra quem assiste. Pra quem trabalha em TV, não é. Diversão pra mim é filme. Aliás, estou vendo um ótimo: A Verdadeira História de Eva Peron. Muito interessante. Mas só tem legenda em espanhol”, sugeriu Silvio a Tatá, que desfilou seu humor irreverente de sempre. Aliás, está aí uma dupla que daria certo junta. Silvio e Tatá nasceram um para o outro.

Já as filhas do "patrão" viveram situações distintas. Silvia Abravanel foi pegar seu primeiro Troféu Imprensa 2015, pelo Bom Dia Companhia, e advinha quem entregou o prêmio à moça? Eu mesmo! Fiquei muito feliz porque meu filho, Arthur, adora o infantil do SBT. Silvio pegou leva com ela: apenas implicou pela moça estar usando joias emprestadas. “Me dá um aumento. Até hoje estou ganhando como produtora e não como apresentadora”, brincou ela.

Já com Patrícia Abravanel, Silvio pegou pesado. Entregou que a moça havia sofrido um aborto inevitável e que ela está preparando seu casamento - o segundo -, dessa vez com o deputado Fábio Faria. “Vai ser na sua casa né pai? Uma cerimônia pequena...”, comentou. “Pequena? Só o tablado pra festa custa R$ 700 mil. Como pode? R$ 700 mil!”, entregou. “Para, pai! Linguarudo. Você é um linguarudo”, reclamou Patrícia, para o deleite da plateia e dos jurados, ávidos por notícia. Onde estava a Christina Rocha uma hora dessas, gente? Dava pra ter gravar um Casos de Família super especial com parte do clã Abravanel.

Apenas as categorias que o mestre de cerimônias concorria, Apresentador/Animador de Auditório e Programa de Auditório, foram votadas anonimamente, para não constranger os jurados. Todas as outras foram votações abertas e eu participei de apenas quatro. Queria muito mais. Quem sabe no ano que vem, quando o Troféu Imprensa completa 60 anos. Seria uma honra!

 

PREMIADOS E INDICADOS

Só lembrando que 170 mil pessoas votaram em todas as categorias pelo site do SBT e no portal MSN. O próprio internauta elege os vencedores do Troféu Internet e os três mais votados pelo público são escolhidos pelo corpo de jurados, do qual participei este ano.                          


Troféu Imprensa # Troféu Internet:

Melhor Cantora: Anitta  #  Joelma
Ivete Sanglo e Joelma

Melhor Programa Infantil: Bom Dia & Cia  Bom Dia & Cia
Mundo Disney
e Parque do Patati Patatá

Melhor Programa de Humor: A Praça é Nossa  A Praça é Nossa
Escolinha do Professor Raimundo
e Pânico na Band

Melhor Programa de Auditório: Programa Silvio Santos  #  Programa Silvio Santos
Programa Eliana
e Legendários

Melhor Novela: Totalmente Demais  #  Totalmente Demais
A Terra Prometida
e Carinha de Anjo

Melhor Programa de Entrevista: Programa do Jô  #  The Noite Com Danilo Gentili
Programa do Porchat 
The Noite Com Danilo Gentili

Melhor Ator: Sergio Guizé (Êta Mundo Bom! #  Sergio Guizé (Êta Mundo Bom!)
Bruno Gagliasso (Sol Nascente) e Malvino Salvador (Haja Coração)

Melhor Programa Jornalístico: Conexão Repórter  Fantástico
Fantástico
e Domingo Espetacular

Revelação: Marília Mendonça  #  Marília Mendonça
Maiara & Maraísa e Lorena Queiroz (Carinha de Anjo)

Melhor Apresentador ou Animador de Auditório: Silvio Santos  #  Silvio Santos
Marcos Mion (Legendários) e Rodrigo Faro (A Hora do Faro)

Melhor Atriz: Marina Ruy Barbosa (Totalmente Demais # Grazi Massaferra (A Lei do Amor)
Grazi Massaferra (A Lei do Amor) e Larissa Manoela (Cúmplices de um Resgate)

Melhor Jornal de TV: Jornal Nacional  Jornal Nacional
Jornal da Record
e SBT Brasil

Melhor Apresentadora ou Animadora de Auditório: Patrícia Abravanel (Máquina da Fama)

Eliana (Programa Eliana) e Sabrina Sato (Programa da Sabrina)

Melhor Cantor: Luan Santana e Wesley Safadão  # Wesley Safadão
Tiago Iorc

10/04/2017 - 00:39

Conecte-se

Revista Minha Novela