Direto de O Ouro Lado do Paraíso: Renato e Fabiana deixam Clara sem um tostão

Os vilões conseguem bloquear os bens da mocinha, que passa a ser sustentada por Patrick

Jorge Luiz Brasil

O casal do mal consegue deixar Clara impedida de gastar seu dinheiro | <i>Crédito: Divulgação Globo
O casal do mal consegue deixar Clara impedida de gastar seu dinheiro | Crédito: Divulgação Globo

Clara (Bianca Bin) deveria amarrar a língua de Janete (Daniela Fontan). Por causa de mais uma fofoca da empregada, a mocinha vai ficar sem um tostão e depender do dinheiro de Patrick (Thiago Fragoso) para arcar com suas despesas. No capítulo de hoje (terça 03), de O Outro Lado do Paraíso, disposto a ferrar a ex, Renato (Rafael Cardoso) tenta saber com Janete algum furo da ricaça com relação aos seus gastos, já que ele e Fabiana (Fernanda Rodrigues) pretendem bloquear sua conta bancária. Após encontrá-la na rua e lhe oferecer uma carona, o médico faz um comentário. "Vou parar um pouco longe, porque a Clara pode não gostar de te ver comigo", finge o vilão. A danada, então, conta o que não deveria. "Bobagem, ela não é ruim, não. Hoje mesmo provou que tem um coração, ó, que a gente não vê toda hora por aí", responde a empregada, que já havia revelado o passado patroa com relação às telas doadas por Beatriz (Nathalia Timberg).

Renato consegue ludibriar Janete mais uma vez

Malandro, Renato pergunta qual foi a boa ação feita pela milionária. "Imagina que a mãe dela bebia. Quer dizer, bebe. Diz que vai parar, mas não sei, não. Não sei mesmo. Aquela lá tomava uma garrafa de gim por dia... Parece que a mãe dela ia doar um rim pra outra filha, que está muito ruim. Mas porque bebe, não pode doar. Ah, precisava ver, Renato. A mulher entrou em desespero. Agora está lá no quarto...", revela Janete. "E a Clara?", pergunta ele. "Eu sei de ouvir eles falar, que dona Beth (Gloria Pires) ia montar uma grife de vestido chique com o Renan (Marcello Novaes). Mas nunca que saía. Pois hoje, a Clara botou o dinheiro na conta dele. Diz pra ele se apressar com a grife, pra mãe ter alguma coisa que fazer, pra ajudar ela sair do álcool. Ela não é generosa?", pergunta a fofoqueira, entregando tudo que o mau-caráter queria. Com esta informação preciosa, o bonitão conta para Fabiana e os dois decidem procurar o advogado da ex-ricaça. Ele então, entra com uma liminar na Justiça contra Clara. "Tomei conhecimento de que Clara está dilapidando o patrimônio que pertence a minha cliente. Se mais tarde vencer, dona Fabiana não poderá sequer rastrear o dinheiro desaparecido. Estou entrando com uma liminar", diz o advogado.


No tribunal, Patrick e Clara descobrem que os bens da mocinha foram bloqueados

Após receber uma intimação, Clara vai ao tribunal com Patrick e fica sabendo da ação. O juiz se pronuncia. "O objeto principal deste processo não está em causa. Apenas julgo a liminar impetrada por seu advogado, segundo a qual a acusada está dilapidando o patrimônio a que julga ter direito. Entendo que agora é importante preservar o patrimônio, e a acusada tem feito retiradas altas", opina o magistrado. Patrick tenta defender sua amada, mas o juiz é firme. "Defiro a liminar. Senhora Clara Tavares. Seus bens estão bloqueados até o fim desse processo", anuncia ele. "Bloqueados? Que significa isso?", pergunta a neta de Josafá (Lima Duarte). O juiz explica: "Não poderá retirar um centavo do banco sem ordem judicial. Não poderá vender nada que faça parte desse patrimônio. Não pode tocar em seus bens, até o final do processo!", diz o homem de toga. Já em casa, Clara fica sem saber como vai viver dali pra frente, mas, Patrick, com toda a doçura que lhe é peculiar, a tranquiliza e diz que vai bancar todas as suas despesas. O mocinha aceita, mas impõe uma condição: que seja como um empréstimo. O bonitinho concorda.

 

03/04/2018 - 20:52

Conecte-se

Revista Minha Novela