O Outro Lado do Paraíso, urgente! Sophia mata Laerte e Duda assume a culpa

A cafetina descobre que Clara é sua filha, acha que voi ela quem assassinou o segurança e faz isso para protegê-la

Jorge Luiz Brasil

A vilã começa a deixar um rastro de sangue | <i>Crédito: Divulgação / Globo
A vilã começa a deixar um rastro de sangue | Crédito: Divulgação / Globo

Se estava ruim, a vida de Duda (Glória Pires) agora vai virar de cabe ça para baixo e se tornar um inferno, a partir de hoje (segunda 8), em O Outro lado do Paraíso. Tudo por causa de Laerte (Raphael Vianna). Primeiro, o segurança fuça uma gaveta de um cômodo da cafetina e descobre todo o seu passado em detalhes. Ele fotografa recortes de jornais com o suposto acidente da lancha que a "matou", foto da filha dela  Adriana (Julia Dalavia) pequena e tudo mais, Com as provas de que ela foi uma mulher milionária e obrigada a se passar por morta, Laerte faz chantagem e diz que vai usar as provas para tirar muitos milhões do seu ex-sogro. Duda pede pelo amor de Deus que ele não faça isso por causa de sua filha. O bonitão propõe que eles façam uso da grana juntos, porque gosta de la. No entanto, decide dar um prazo para Duda aceitar sua proposta, pois precisa fazer uma outra coisa antes. E caso o que irá fazer der certo, ele desiste de tirar dinheiro da família do seu ex-marido. O segurança se referia a Sophia (Marieta Severo), que ele já sabe que foi prostituta e matou um amante. Com estas informações, Laerte procura a milionária e diz o nome de Agenor, o tal amante que ela matou. Sophia fica bolada e diz que eles precisam conversar a sós. Aproveitando que Duda não estava em casa, ele leva a mãe de Lívia (GraziMassafera) até o quarto da cafetina. Lá, Laerte abre o jogo e avisa que quer metade do faturamento do garimpo de esmeraldas, todo mês, no seu bolso. Sophia finge que concorda, vê uma tesoura no quarto, pega o objeto e aproveita uma distração do segurança para cravar a tesoura no seu peito.

Laerte cai ensanguentado e agonizando no chão. Sophia foge pelos fundos, por onde entrou com ele, e só a prostituta Vanessa (Fernanda Nizzato) que a vê, mas a megera não percebe. Nesse meio tempo, Clara chega ao bordel para conversar com Duda sobre um assunto que a deixou bolada, entra no quarto e vê a cena. Ao perceber que Laerte ainda respira, ela mete a mão na tesoura e puxa o objeto do corpo do rapaz. Duda chega na hora, flagra Clara com a tesoura na mão e supõe que ela matou o cafetão. Clara jura que não matou Laerte, mas Duda a manda embora pelos fundos, limpa toda a cena do crime, queima todos os papéis e documentos, coloca o celular de Laerte dentro de um copo de gim e grita pelas meninas do bordel, assumindo que matou osegurança, já que ele a estava ameaçando.  Na verdade, Duda decide proteger Clara, após descobrir que a jovem é sua filha mais velha. Na cena, ela vai até uma igreja em ruínas onde costuma ir atrás de paz, quando encontra Clara, que foi até ali rezar. Ela vê a nova ricaça com o terço dado por ela quando foi obrigada a abandonar sua filha ainda bebê e tem certeza que Clara é a tal criança. A mãe de Tomaz conta a mesma história para ela e sua suspeita se confirma. Mas Duda decide ficar calada, por enquanto. Já na cadeia de Pedra Santa, a cafetina quase é linchada por um grupo que lamenta o assassinato do segurança. Patrick (Thiago Fragoso) consegue a transferência dela para a delegacia de Palmas.

08/01/2018 - 20:18

Conecte-se

Revista Minha Novela