Rede Globo apresenta Deus Salve o Rei, a nova novela das 7

Autor, diretor e atores da trama explicaram como foi a criação da novela

Thomaz Rocha

Romulo, Fabrício, Johnny e Daniel: equipe na expectativa da estreia | <i>Crédito: Vitor Pollak/ TV Globo
Romulo, Fabrício, Johnny e Daniel: equipe na expectativa da estreia | Crédito: Vitor Pollak/ TV Globo

Na quarta 22, a Rede Globo promoveu encontro da imprensa com Daniel Adjafre e Fabrício Mamberti, autor e diretor artístico de Deus Salve o Rei, próxima novela das 7. A trama será ambientada na época medieval e contará a história de dois reinos: Montemor e Artena. No evento, os responsáveis pela novela apresentaram o conceito do folhetim e detalhes da produção. Fabrício afirmou que usou várias referências para a concepção, mas que a ideia partiu como uma homenagem à Antônio Abujamra, o Ravengar de Que Rei Sou Eu? (1989), logo após sua morte, em 2015. “Vendo várias imagens da novela no Vídeo Show, me perguntei o motivo de nunca mais ter havido uma produção com reis e rainhas, no estilo medieval. Quem deu o primeiro sopro deste projeto foi o Abu (Abujamra)”, revela o diretor, que também explicou que o incêndio que destruiu o galpão de apoio da novela, na quinta 9, não afetou no cronograma das gravações. A trama continua com a estreia prevista para 9 de janeiro. Após o bate-papo, os atores Romulo Estrela e Johnny Massaro contaram como foi a preparação para interpretar Afonso e Rodolfo, respectivamente. Marina Ruy Barbosa, que vive a protagonista Amália, participou de um link ao vivo, direto do Panamá, por não ter conseguido embarcar a tempo do voo de conexão para o Brasil. “Nunca estive tão animada para a estreia como estou para Deus Salve o Rei. Nunca fiz novela de época. Está sendo uma novidade para mim”, afirma a ruiva. Após o encontro, os jornalistas visitaram um cenário da cidade cenográfica da nova trama das 7.

22/11/2017 - 21:43

Conecte-se

Revista Minha Novela