Relembre a novela 'Fera Radical'

A novela de Walther Negrão foi sucesso em 1988

Texto: Thomaz Rocha

Malu Mader viveu sua primeira protagonista. Thales e Carla viveram os antagonistas Heitor e Marília, que atazanavam Fernando, interpretado por Mayer | <i>Crédito: Divulgação/Rede Globo
Malu Mader viveu sua primeira protagonista. Thales e Carla viveram os antagonistas Heitor e Marília, que atazanavam Fernando, interpretado por Mayer | Crédito: Divulgação/Rede Globo
Em 1973, uma tragédia marca a vida de Cláudia (Malu Mader), a única sobrevivente da chacina que matou sua família. Quinze anos depois, ela só quer se vingar dos criminosos. E esse é o fio condutor de Fera Radical, novela de Walther Negrão, que estreou em 28/03/1988. Cláudia vira uma competente analista de sistemas, mas vive traumatizada com as lembranças da noite fatídica. Ela foi criada pela rica Marta (Laura Cardoso), que a acolheu como filha. Decidida a se vingar, a moça viaja até sua cidade natal, Rio Novo, e se instala na fazenda Olho D’agua, da família Flores. Ela é recebida pelo patriarca Altino Flores (Paulo Goulart), para trabalhar como operadora de sistemas. Antino vive preso numa cadeira de rodas, mas é justo e alegre. Ao contrário de sua mulher, Joana (Yara Amaral), que se incomoda com a presença de Cláudia. Eles têm dois filhos: Fernando (José Mayer), que gosta da terra, e Heitor (Thales Pan Chacon), o administrador dos negócios da família. Heitor vai casar com Marília (Carla Camurati), que mora na fazenda vizinha. O que Heitor não imagina é que a noiva seja amante de Fernando.

Difícil convivência 
Durante um banho de rio, Cláudia conhece Fernando e eles se apaixonam. Mas a relação é bastante conflituosa. Só que Heitor também se interessa pela protagonista, para o ódio de Fernando. Com o passar do tempo, Cláudia não consegue colocar seu plano em prática, ainda mais depois que se afeiçoa a Altino. Marília nota o interesse do noivo pela operadora de sistemas e rompe com o empresário. Ela corre até Fernando, avisando que está livre para ficar com ele. Mas o rapaz não cede, por medo de magoar o irmão. Heitor, porém, flagra os dois aos beijos, deflagrando uma crise na família. Altino expulsa Fernando de casa e Cláudia faz um pacto com o amado para ajudá-la a gerenciar as terras que ela comprou de Altino. Áreas essas que, na verdade, eram de sua família.

Passado a limpo
O tempo passa e Altino faz as pazes com Fernando. O ricaço conta a Cláudia que sabe quem ela é e que o pai dela foi o responsável por deixá-lo paralítico. Esperta, Joana também descobre a identidade de Cláudia e de Marta, seu grande desafeto. Marta é o grande amor de Altino, que rendeu um fruto: Olívia (Denise Del Vecchio). Joana tenta expulsar a ricaça da cidade junto com Cláudia, que descobre que foi Joana quem mandou exterminar a sua família. Enquanto isso, Marília e Heitor resolvem se casar por interesse e Cláudia e Fernando também marcam a data do casamento. Furiosa, Joana vai até Cláudia, que está experimentando o vestido de noiva, e tenta assassiná-la. Em uma luta, a arma dispara e acerta o peito de Joana, que morre. Altino avisa que vai casar com Marta e Fernando briga com Cláudia. Mas descobre que ela espera um filho dele. No dia do julgamento, a analista é inocentada e Fernando entra no fórum em seu cavalo e leva a amada. Já casados, Marília e Heitor têm filhos e se reconciliam com Fernando e Cláudia. Os filhos dos protagonistas nascem e todos são felizes.

23/01/2017 - 11:43

Conecte-se

Revista Minha Novela