Relembre a novela 'Páginas da Vida'

O leitor Fernando Pereira conta que adorava a personagem Isabel, vivida pela Vivianne Pasmanter

Texto: Thomaz Rocha

Relembre a trama Páginas da Vida | <i>Crédito: Divulgação/Rede Globo
Relembre a trama Páginas da Vida | Crédito: Divulgação/Rede Globo
Em 10/07/2006, a Rede Globo exibe o primeiro capítulo de Páginas da Vida, uma novela de Manoel Carlos. Logo nas primeiras cenas, o destino de Helena (Regina Duarte) e Marta (Lilia Cabral) se cruzam durante um acidente de trânsito. Naquele momento surge uma antipatia mútua, mas elas nem desconfiam que os problemas serão mais sérios do que uma simples batida de carro. Helena é uma médica frustrada por não ter conseguido gerar um filho. E vive um casamento fracassado com Greg (José Mayer), que a trai constantemente com Carmem (Natália do Vale). Apesar dos problemas, Helena é doce e bondosa, ao contrário de Marta, que é hostil, ambiciosa e detesta crianças. Ela é casada com Alex (Marcos Caruso), que está cansado do jeito rude da esposa. O casal tem dois filhos: Nanda (Fernanda Vasconcellos) e Sérgio (Max Fercondini). A moça estuda no exterior e vive um lindo relacionamento amoroso com Léo (Thiago Rodrigues). Mas a jovem engravida e o namorado a abandona, se recusando a assumir os filhos.

Crianças separadas
Arrasada com a situação, Nanda volta para o Brasil e enfrenta a mãe, que a rejeita. Depois de uma briga com Marta, Nanda é atropelada e dá à luz um casal de gêmeos, pelas mãos de Helena. A estudante não resiste e morre após o parto. Alex descobre que a filha faleceu e sofre um infarto. Enquanto isso, Marta se recusa a receber a neta, que nasceu com síndrome de Down, e a manda para um orfanato. Para Alex, ela mente que a menina morreu. Comovida com o futuro da recém- nascida, Helena consegue a guarda definitiva dela e a batiza como Clara. Alex se recupera e sofre pela morte da filha e da neta, mas tem em Francisco um motivo para se superar. Cinco anos se passam. Longe de Greg, Helena está feliz com Diogo (Marcos Paulo), um colega de profissão. Com Clara (Joana Mocarzel), ela encara muitas dificuldades para que a filha adotiva tenha uma vida normal. A menina sofre com o preconceito e chega a ter sua matrícula recusada numa escola. Mas, guerreira, a protagonista consegue um colégio para Clara, por coincidência, o mesmo onde Francisco (Gabriel Kaufmann) estuda. E os irmãos viram melhores amigos. Clara passa a ver o espírito de Nanda, assim como Marta, que começa a enlouquecer. Francisco é criado com muito amor por Alex, mas sofre nas mãos de Marta, que o destrata.

Destino incerto
Nesse ponto da história, Léo retorna ao Brasil e descobre o que aconteceu com Nanda e o filho. Arrependido, ele decide entrar na Justiça para conseguir a guarda do garoto. De olho no dinheiro do rapaz, Marta decide abrir mão de Francisco. Mas Léo ainda descobre toda a farsa da vilã e vai atrás do paradeiro de Clarinha. E também quer a filha com ele e Francisco. Helena e Alex, então, se unem contra o rapaz. No último capítulo, Marta fica sozinha e perturbada, protegida pelo espírito de Nanda. A juíza (Eva Wilma) decide que a guarda de Francisco continue com seu avô e Clara fique com Helena. Francisco e Clara, agora, convivem em paz e celebram a fraternidade e o amor.

29/11/2016 - 13:55

Conecte-se

Revista Minha Novela