Bianca Müller fala sobre sua personagem em 'A Lei do Amor'

Ela, que vive a personagem Analu, revela como é viver sozinha pela primeira vez e comemora o reencontro com Vera Holtz e Camila Morgado na trama das 9

Texto: Fernanda Chaves

Bianca Müller | <i>Crédito: Renato Rocha Miranda/Rede Globo
Bianca Müller | Crédito: Renato Rocha Miranda/Rede Globo
Carinha de menina e atitudes de uma mulher poderosa. Essa é a Ana Luiza, personagem de Bianca Müller em A Lei do Amor. A ruivinha, que conquistou o público na trama das 9, estreou na TV em 2012, na série Sessão de Terapia, do GNT, como a problemática Nina. Depois, atuou no seriado Passionais, do + Globosat, e, em 2014, fez sua primeira novela, interpretando a sensual Mirna, de O Rebu. Mas, só agora, a atriz vive seu primeiro grande papel na TV e sente a repercussão do trabalho nas ruas. “Como gravo muito, tenho saído pouco. Mas, mesmo aqui por perto de casa, já sinto esse carinho das pessoas. Eles brincam dizendo que desmascarei a Magnólia (Vera Holtz), torcem pela Analu com o Elio (João Campos), me perguntam se a Marina é a Isabela (Alice Wegmann)... É muito legal”, diverte- se a paulista.

Amadurecimento
Se, na telinha, Bianca interpreta uma jovem que acabou de sair da adolescência, na vida real, a atriz, de 26 anos, está aprendendo a ser gente grande. Morando sozinha pela primeira vez, ela se mudou de Caieiras, na Região Metropolitana de São Paulo, para o Rio por causa da novela. Embora sinta falta da família, dos amigos e dos cachorros que deixou em São Paulo, ela confessa que está adorando a nova vida. “Está incrível! É muito bom ter esse momento sozinha para estudar, se concentrar, organizar o próprio tempo. Vai ser até difícil voltar pra casa dos meus pais (risos)”, brinca a jovem, que nas horas vagas, dedica-se às tarefas de uma dona de casa: “Nas minhas folgas vou ao mercado, lavo roupa... Às vezes, acumulo roupa de duas semanas e piro (risos)”. Mas nem só de trabalho vive um ser humano. Além de curtir uma praia, Bianca faz pilates e pole dance. “Preciso me exercitar, senão enlouqueço. Não estou com muito tempo, mas arranjo. É importante. Ainda mais para a saúde mental do que para o físico”, afirma. 

Assim como Analu, Bianca avisa que também é cabeça dura. “Quando boto uma ideia na cabeça, não tem jeito. E foi meio assim que aconteceu na minha profissão. Eu quis ser atriz e logo não havia outra saída, tinha que ser isso”, revela Bianca, que é assim desde pequena. “Quando eu tinha uns 8 anos associei a carne à vaquinha e ao frango. Desde então não como mais”, avisa a vegetariana. Além disso, outra característica a aproxima de sua personagem: o dom para ser conselheira. “Tento ajudar todo mundo, dar conselhos... Nunca consegui resolver os meus problemas, mas o dos outros... (risos)”. 

Vaidade na medida certa
Descolada, Bianca nunca curtiu se produzir demais. Mas, por conta do trabalho, está precisando ficar mais ligada na aparência. “Tenho usado mais maquiagem, até gosto. Só não tenho o hábito mesmo. Não sou dessas mulheres que fazem unha toda semana. Aliás, isso é algo que eu me esqueço de fazer”, confidencia a atriz. REENCONTRO FELIZ Bianca já havia trabalhado com Vera Holtz e Camila Morgado em O Rebu e reencontrar as duas na trama das 9 foi especial. “Foi um presente! Quando eu soube que elas estariam na produção, fiquei muito feliz. Saber que tinham duas pessoas com quem eu já havia trabalhado e, que são grandes atrizes e seres humanos maravilhosos, foi acolhedor”, lembra. Além de rever as duas amigas, a ruiva teve o privilégio de atuar ao lado do mito Tarcísio Meira. “Realizei um sonho de consumo que foi trabalhar com ele. Tarcísio é sensacional, é um gentleman, acessível, generoso, me deu vários conselhos”, festeja. 

Namoro à distância
E não é só com a saudade da família que Bianca tem que lidar. Namorando há quase dois anos o diretor de cinema Santiago Dellape, que mora em Brasília, a nova estrela sofre com a falta do amado. “No começo, eu achei que ia ser muito difícil. Namorar à distância sempre é bastante complicado. Mas a gente se adapta. Ele têm vindo um final de semana sim, outro não. Então a gente está se vendo com frequência”, detalha Bianca, que revela seu maior desejo para assim que terminar de gravar A Lei do Amor: viajar.

07/03/2017 - 14:42

Conecte-se

Revista Minha Novela